Português Italian English Spanish

Assista o Vídeo - Policial da Rota é morto a tiros na porta de casa

Assista o Vídeo - Policial da Rota é morto a tiros na porta de casa


Bandidos fortemente armados, utilizando um veículo de cor prata, atiraram pelo menos 30 vezes contra o carro de um policial da Rota, a Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar, grupo de elite da PM. O PM Fernando Flávio Flores estava saindo da casa dele, em Interlagos, na zona sul de São Paulo.

O médico da unidade de socorro que atendeu o policial constatou a morte no local, afirmando que ele foi atingido por vários disparos de fuzil, na cabeça e no tórax.

O carro usado pelos criminosos foi abandonado queimado. O veículo passou por perícia e a Polícia Civil investiga o caso. A corregedoria da PM também abriu investigação.

A menos de 10 dias, um outro policial da Rota, o cabo Daniel Gonçalves Correa, de 43 anos, foi morto em Santos, litoral de São Paulo. Ele estava de folga e teria sido atingido por cinco disparos. Há dois suspeitos do crime. Imagens de câmeras de segurança, mostraram um homem armado se aproximando pelas costas do policial e atirando contra ele.

O policial Daniel tinha participado, um dia antes, de uma audiência judicial no Tribunal do Júri de Osasco, na Grande São Paulo.

Ele respondia a um processo por homicídio doloso (quando há intenção de matar) de um suposto integrante de uma facção que atua no país. No dia do enterro dele, a Rota matou três homens na Baixada Santista, em um conflito, segundo a polícia.