Português Italian English Spanish

Horário do comércio e serviços será ampliado de 01 a 09 de maio

Horário do comércio e serviços será ampliado de 01 a 09 de maio

Data de Publicação: 28 de abril de 2021 14:13:00

O governo de São Paulo anunciou hoje a prorrogação da fase de transição do Plano SP a partir do próximo sábado (1º) até o dia 9 de maio. O horário do comércio e do setor de serviços foi ampliado para permitir o funcionamento das 6h às 20h, semelhante à fase laranja.

Até esta sexta-feira (30), seguem as regras estabelecidas anteriormente, de funcionamento das 11h às 19h, com horário limite de 8h para alguns setores. O limite de ocupação dos estabelecimentos, de 25%, continua o mesmo, assim como a vigência do toque de recolher entre 20h e 5h, com o objetivo de diminuir a circulação de pessoas à noite.

 

 

Os parques estaduais e municipais também permanecerão com o horário de funcionamento já vigente, das 6h às 18h.

O governo paulista segue recomendando ainda a manutenção do teletrabalho sempre que possível e o escalonamento do horário de entrada e saída para o comércio, serviços e a indústria.

"Nós estamos tendo uma redução de leitos de UTI [unidades de terapia intensiva] ocupados de mais ou menos 1% por semana", justificou a secretária de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen. "Essa redução continua se sustentando, mas precisamos novamente deste trabalho 25% de ocupação, toque de recolher, teletrabalho para as atividades administrativas não essenciais e o escalonamento do horário de entrada e de saída de comércios e indústria."

"No pico da segunda onda, nós tínhamos, no estado, 500 casos novos a cada 14 dias por 100 mil habitantes. Na média, algumas regiões chegaram a apresentar mais de 800 casos novos por 100.000 habitantes em duas semanas. Esse número, hoje, está em 423, uma redução de cerca de 35% ao longo desse período", completou Paulo Menezes, coordenador do Centro de Contingência.

A nova etapa da fase de transição é muito semelhante à fase laranja do Plano São Paulo, que prevê ocupação de leitos de UTI inferior a 80%.

O que muda:

Fase de transição tem ocupação máxima menor (25%) do que a laranja (40%).

Fase de transição não tem limite de 8h de funcionamento entre 6h e 20h como a fase laranja.

Fase laranja não tem toque de recolher nem sugestão de escalonamento do transporte de funcionários.

O governo anunciou ainda que deverá anunciar, na semana que vem, uma reformulação do Plano SP para se adequar à nova realidade da pandemia do país, com números mais altos e um percentual da população vacinada.

"Estamos trabalhando nessa revisão do Plano para dar um passo além de controlar a pandemia e termos uma retomada econômica responsável mesmo que tenhamos aqui agora uma esperança com uma nova vacina", afirmou Ellen.

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário