Português Italian English Spanish

Cancelado Réveillon na Avenida Paulista

Data de Publicação: 17 de julho de 2020 18:45:00

A cidade de São Paulo não terá o tradicional Réveillon da Avenida Paulista. O prefeito da capital, Bruno Covas (PSDB), justificou que “tanto a prefeitura quanto o governo [do Estado] entendem como muito temerário” a organização de “1 evento para 1 milhão de pessoas para dezembro deste ano”. O anúncio foi feito em entrevista no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo estadual, na tarde desta 6ª feira (17.jul.2020).

A última edição da festa, com shows e fogos de artifício, contou com a presença de 2 milhões de pessoas —41% não moravam na cidade. O objetivo é evitar aglomerações para barrar o avanço da covid-19, doença respiratória causada pelo novo coronavírus.

“Vamos evitar muitas mortes dessa forma, salvando vidas”, afirmou o coordenador do Centro de Contingência ao Coronavírus, Paulo Menezes. O Estado é líder em número de contaminações e de mortes no país desde o início da pandemia. São 407.415 infectados, dos quais 19.377 morreram até esta 6ª (17.jul).

Os gastos do último Réveillon da Avenida Paulista foram de R$ 648,2 milhões, segundo a prefeitura. A organização leva pelo menos 3 meses e engloba patrocínios, contratos, estrutura e agendas de artistas.

 

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário