Português Italian English Spanish

Sem shows, Cirque du Soleil pode ir à falência


Segundo informações da Reuters, o grupo tem uma dívida de R$ 4,5 bilhões e sofre com o cancelamento de apresentações

empresa Cirque du Soleil Entetainment Group, que gere o Cirque du Soleil, estaria cogitando pedir falência após o cancelamento de shows por causa da pandemia do coronavírus.

As informações foram repassadas à agência de notícias Reuters. A companhia de circo nascida em Montreal, inclusive, precisou demitir temporariamente alguns funcionários durante a crise.

Segundo as informações da Reuters, o Cirque du Soleil teria uma dívida de US$ 900 milhões (cerca de R$ 4,5 bilhões).

Neste momento, a empresa estaria negociando e credores, de acordo com a Reuters, sinaliza O Cirque du Soleil demitiu, ao menos 4,6 mil funcionários, cerca de 95% da força de trabalho da empresa.

O Cirque du Soleil demitiu, ao menos 4,6 mil funcionários, cerca de 95% da força de trabalho da empresa.

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário