Português Italian English Spanish

PF finaliza inquérito e atribui a Maia corrupção, lavagem de dinheiro e 'caixa três'

PF finaliza inquérito e atribui a Maia corrupção, lavagem de dinheiro e 'caixa três'


Relatório da investigações foi encaminhado à PGR, que decide se denuncia o deputado ou arquiva o caso

A Polícia Federal atribuiu ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), os crimes de corrupção passiva, falsidade ideológica eleitoral (caixa dois) e lavagem de dinheiro ao concluir inquérito sobre supostos repasses da Odebrecht ao deputado e seu pai, o ex-prefeito do Rio de Janeiro e atual vereador César Maia (DEM).