Português Italian English Spanish

Palmeiras acerta com Matías Viña, lateral-esquerdo da Seleção Uruguaia

Palmeiras acerta com Matías Viña, lateral-esquerdo da Seleção Uruguaia


O presidente do Nacional José Decurnex (à esquerda), Matías Viña e o advogado do Palmeiras Leonardo Holanda fecharam a contratação no Uruguai

O Palmeiras fechou nesta sexta-feira (31) a contratação do lateral-esquerdo Matías Viña, ex-Nacional-URU, por cinco temporadas (até 31/12/2024). Em 2019, o atleta de 22 anos foi campeão e eleito o melhor jogador do Campeonato Uruguaio em votação que teve a participação de todos os técnicos e capitães das equipes participantes.

Além de destaque em seu clube, onde chegou em 2015 e se profissionalizou em 2017, Viña defende a Seleção Uruguaia desde o Sub-20, tendo atuado no Sul-Americano (campeão) e no Mundial da categoria em 2017. Pelo time principal da Celeste Olímpica, foi convocado pela primeira vez em setembro do ano passado e continuou sendo chamado desde então.

Apesar de já ter atuado como zagueiro, Viña sobressai pela parte ofensiva – na temporada passada, por exemplo, foram cinco gols. O jogador chamou a atenção da Europa e tinha propostas de grandes clubes do Velho Continente, mas acabou optando pelo Maior Campeão do Brasil.

O reforço chegará a São Paulo para fazer exames médicos e se integrar ao restante do elenco apenas no início da próxima semana, já que ainda vestirá a camisa do Nacional-URU em mais uma oportunidade, no próximo sábado (01), contra o Liverpool-URU, pela Supercopa Uruguaia.

 
O presidente do Nacional José Decurnex (à esquerda), Matías Viña e o advogado do Palmeiras Leonardo Holanda fecharam a contratação no Uruguai

 

20º uruguaio da história do Verdão

Viña será o 20º uruguaio da história do Palmeiras. Os últimos foram Victorino (zagueiro, em 2014, com um total de nove duelos) e Eguren (volante, entre 2013 e 2014, com 28 embates e três gols), enquanto o de maior sucesso pelo Verdão foi Segundo Villadoniga, meio-campista da década de 40 (entre 1942 e 1946) conhecido como El Architeto por sua genialidade em criar jogadas.

Com 138 jogos e 52 gols, Villadoniga é o quinto estrangeiro que mais jogou, o terceiro que mais venceu e o quarto que mais balançou as redes pelo Alviverde. Participou dos títulos paulistas de 1942, eternizado como a Arrancada Heroica, e de 1944. Aposentado, mudou-se para São Paulo definitivamente e continuou frequentando o clube social, chegando até a representar o Palmeiras em campeonatos de bocha.

Antes de Viña, o único lateral-esquerdo estrangeiro da história do clube havia sido o colombiano Pablo Armero, contratado em 2009.

Confira a lista completa de uruguaios do Palmeiras:

1 – Mazzucchi (atacante) – estreia em 1919
2 – Cabelli (meio-campista) – estreia em 1928
3 – Cambon (meio-campista) – estreia em 1930
4 – Gutierrez (atacante) – estreia em 1934
5 – Martinez (meio-campista) – estreia em 1934
6 – Villadoniga (atacante) – estreia em 1942
7 – Oscar (goleiro) – estreia em 1956
8 – Caraballo (atacante) – estreia em 1957
9 – Maidana (goleiro) – estreia em 1965
10 – Hector Silva (atacante) – estreia em 1970
11 – Kraus (atacante) – estreia em 1970
12 – Pedro Rocha (meio-campista) – estreia em 1978
13 – Diogo (lateral-direito) – estreia em 1984
14 – Cesar Pereira (zagueiro) – estreia em 1988
15 – Russo (zagueiro) – estreia em 1988
16 – Daryo Pereira (zagueiro) – estreia em 1989
17 – Aguirregaray (zagueiro) – estreia em 1990
18 – Eguren (meio-campista) – estreia em 2013
19 – Victorino (zagueiro) -2014
20 – Viña (lateral-esquerdo) – 2020

FICHA TÉCNICA

Nome: Matías Nicolás Viña Susperreguy
Nascimento: 09/11/1997, em Empalme Olmos-URU
Posição: Lateral-esquerdo
Clubes anteriores: Nacional-URU
Títulos: Liga Uruguaia (2019) e Sul-Americano Sub-20 (2017)